Nova pagina 1
 
 

   de 2007    



Conheça João Pessoa

UM ROTEIRO PELAS PRAIAS DO LITORAL DE JOÃO PESSOA

Que tal fugir um pouco do trabalho, esquecer os problemas do dia-a-dia e se esbaldar numa temporada regada a muito mar, sol e agua de coco? Para a realização desse sonho, nada melhor do que seguir um roteiro pelas praias do litoral de João Pessoa. São 135 km de areia branca, águas cristalinas, vastos coqueirais e falésias de beleza singular, que revelam, a cada curva e a cada maceió, algumas das mais belas paisagens da costa nordestina.

No entanto, apesar de sua beleza, o litoral de João Pessoa ainda não é tão conhecido e badalado como o de estados vizinhos, e é exatamente aí que se encontra o seu maior charme. Muitas praias ainda são praticamente desertas, contando, no máximo, com a presença de pequenas vilas de pescadores. São ótimas para quem procura sossego, pois propiciam o isolamento ideal para a relaxante atividade de não fazer absolutamente nada.

A vida boa pode começar em Barra de Camaratuba litoral norte. Tranqüilo e bonito, o local dispõe de pouca infra-estrutura, valendo-se do espírito aventureiro de quem realmente quer curtir um instante de paz. A partir de Barra de Camaratuba, o turista passa ainda pelas praias do Giz Branco e do Forte, até chegar a Baía da Traição, famosa por ter uma reserva indígena e por ter sido palco de uma das invasões holandesas, no século XVII. De lá, passa-se por Coqueirinho e chega-se a Barra de Mamanguape, a praia onde funciona o Projeto Peixe-Boi Marinho. Estas também não ficam atrás no quesito beleza.

Depois da ecologia de Barra de Mamanguape, a parada é a praia de Lucena, mais freqüentada do que as demais, principalmente na época do carnaval. Depois, vêm Ponta de Lucena e Costinha (esta última, situada no estuário do rio Paraíba) onde os pés de coco imperam absolutos. De Costinha ao litoral de Cabedelo, cidade portuária distante 18km de João Pessoa, chega-se de ferry-boat; e é em Cabedelo que se encontram algumas das praias mais cobiçadas do litoral paraibano.

A primeira a se destacar é a do Jacaré, praia fluvial cujo pôr-do-sol (que diariamente é saudado pelo Bolero de Ravel), por ser um dos mais belos da região, é também o principal "culpado" pela presença maciça de turistas nos seus bares, restaurantes e marinas. Do Jacaré parte-se para Formosa, Areia Dourada, Areia Vermelha (o famoso banco de areia que só aparece durante a mare baixa, atraindo centenas de banhistas nas manhãs ensolaradas e a cada lua cheia), Camboinha, Poço, Ponta de Campina e Intermares. Com exceção desta última - onde o mar é propício ao surf - , todas as praias da cidade-porto são verdadeiras piscinas naturais de águas mornas e calmas, ideais para a diversão sem perigo de crianças e idosos e para a prática dos mais variados esportes náuticos.

Hotel em João Pessoa, Hotel João Pessoa Hotéis, João Pessoa, Hotel João Pessoa, Pousadas em João Pessoa, Paraíba, Nordeste, Hotel em João PessoaDepois de Intermares - última praia pertencente ao município de Cabedelo -, o turista entra na capital paraibana pela praia do Bessa. A partir dai, ele se depara com 30 km de uma privilegiada combinação de infra-estrutura turística com belas e movimentadas praias urbanas. Manaíra, Tambaú, Picãozinho (que não chega a ser uma praia, mas um conjunto de corais onde se formam piscinas naturais durante a maré baixa, no mar de Tambaú), Cabo Branco, Ponta do Seixas (onde se encontra o Ponto Extremo Oriental das Américas, onde o Sol nasce primeiro em todo continente Americano) e Penha são as mais visitadas pelos turistas.


A partir deste ponto, começa-se a descer para o litoral sul. É então que surgem as praias do Arraial, do Camurupim, do Sol e Barra de Gramame. Todas guardam agradáveis surpresas, mas, apesar de muito bonitas, são pouco visitadas por quem não é da região.

Logo após, vêm Jacumã (vítima de especulação imobiliária, a praia, que já foi uma das mais belas do litoral paraibano, perdeu um pouco o seu brilho), Carapibus, Tabatinga, Coqueirinho e a badalada Tambaba, primeira praia nordestina destinada oficialmente à prática do nudismo. Conhecida também como santuário ecologico, Tambaba é naturalmente ornamentada por uma mata praticamente virgem e por um impressionante labirinto de areia multicolorida, resultado da ação do vento nas falésias do lugar. Distante 40 km da capital paraibana, a praia de Tambaba é acessível pela PB-008.

A vida boa iniciada em Barra de Camaratuba finaliza-se nas belas praias de Pitimbu, último municipio do litoral paraibano. Lá, além da beleza das formações de corais, dos bancos de areia e das praias largas e envoltas em coqueirais, o visitante tem ainda o prazer de provar a melhor lagosta do Nordeste. É a chave de ouro que fecha o roteiro pelas praias paraibanas. E, para quem está cansado da rotina, nada melhor do que degustar saborosas lagostas depois de conhecer e curtir o belo trajeto pelo litoral paraibano.


JACARÉ: UM PARAÍSO ECOLÓGICO

Hotel em João Pessoa, Hotel João Pessoa Hotéis, João Pessoa, Hotel João Pessoa, Pousadas em João Pessoa, Paraíba, Nordeste, Hotel em João PessoaO Rio Paraíba, que nasce na região dos Cariris Velhos, bem no centro do Estado, chega ao litoral proporcionando belos espetáculos, e um deles é o encontro com o mar, que acontece em Cabedelo, cidade situada na área metropolitana de João Pessoa.

Mas, é a praia fluvial do Jacaré que mais chama a atenção dos amantes da natureza. O imponente Rio Paraíba, é o maior responsável pela beleza do lugar. As pequenas ilhas do Stuart, Restinga, Tiriri e Andorinhas constituem um cenário exótico. Contando com uma densa vegetação, boa parte de mangue, a área está livre da depredação humana, e por isso as mais variadas espécies animais passeiam com desenvoltura, pois, instintivamente, sabem que não serão molestadas.

É uma paisagem inesquecível que vem atraindo turistas de todo o mundo, principalmente os que viajam em embarcações, pois além da beleza, em Jacaré os velejadores e iatistas encontram um ponto de apoio para a manutenção dos barcos. Por tudo isto a praia de Jacaré se tornou, nos últimos anos, parada obrigatória para os estrangeiros que visitam a Paraíba.

Os turistas que conhecem a praia de Jacaré costumam ficar encantados com as belezas naturais oferecidas pela rica fauna e flora ali encontradas, mas sem dúvida, o espetáculo mais bonito é proporcionado pelo Sol, que se põe de mansinho, enquanto é saudado pelo Bolero de Ravel, que é executado diariamente nos bares instalados às margens do Rio Paraíba. Esse ritual é mantido há mais de 10 anos, pois os 17 minutos do crepúsculo coincidem exatamente com a duração da bela obra de Maurice Ravel.

No verão a praia do Jacaré se transforma no point da juventude paraibana e dos turistas, que durante dos dias de sol realizam passeios em embarcações e Jet-Skis.

Algumas agências de turismo receptivo dispõem de passeios pelo rio e ilhas durante todo o dia, com preços que giram em torno de R$ 27,00 por pessoa. Os bares rusticos, decorados de maneira simples e original, dispõem de trapiches que aproximam ainda mais os clientes do rio, e oferecem uma grande variedade de comidas e bebidas típicas do litoral nordestino. O Pôr-do-Sol do Jacaré é um programa imperdível para os visitantes da Paraíba.
 

<< Voltar